• Encontro dos Flintstones e dos Jetsons

    5 Jul 2013
  • Desenvolver um bom trabalho, ter qualidade de vida, valorizar o reconhecimento profissional e o crescimento na empresa, buscar constantes desafios, almejar oportunidades fora do país, investir em novos aprendizados. Atualmente, qual profissional não sonha com uma carreira assim?
    Pois é! E esses itens correspondem a anseios de diversos profissionais, representantes de diferentes gerações. E não há nada de estranho nisso, afinal, independente da data de nascimento, as pessoas que fazem parte do mundo corporativo atual são influenciadas por variáveis bem similares.
    E a sua próxima pergunta pode ser: Se as gerações têm tanto em comum, por que são diferentes na comunicação, nos valores e naquilo que priorizam? Para isso, é fundamental conhecer cenários e contextos que influenciam nessas possíveis diferenças.

    tabela_encontro

    É preciso que, antes de tudo, deixemos de falar em conflito de gerações, para falarmos de convivência das gerações. É a primeira vez que o mercado de trabalho se depara com a realidade de ter em suas equipes, profissionais de até quatro gerações distintas. O importante é potencializar o que todas as gerações têm de positivo e aprender a conviver e crescer com as diferenças. O encontro dos Flinstones e dos Jetsons na TV
    seria bem interessante e na vida real já é!

    Post por
    Silvia Gomes, Consultora Head de Processos Seletivos da Cia de Talentos
    Renata Magliocca, Gerente de Inovação da Cia de Talentos e Co-autora do livro
    “Carreira – Você está cuidando da sua?”

  • Compartilhe:
    Tags: