• Redes sociais: ajudam ou atrapalham?

    17 May 2013
  • Os temas do uso das redes sociais e o impacto disso na seleção e contratação de profissionais têm sido muito comentados nas mais diferentes mídias. Algumas empresas são categóricas ao afirmar que a análise do perfil do candidato nas redes sociais é parte obrigatória nos processos seletivos, outras já dizem que não analisam como critério de seleção, mas que valorizam o bom uso das redes sociais pelos colaboradores e que isso pode ser um diferencial na avaliação de desempenho.

    Nós da Cia de Talentos listamos abaixo algumas dicas que todo profissional precisa saber:

    – Analise qual é a principal proposta da rede social que você se cadastrou e procure atrelar a sua participação de acordo com ela. Por exemplo, o LinkedIn se propõe a ser uma rede de networking e troca de conhecimentos com enfoque profissional. Outra rede social que está sendo lançada a Atlz (www.atlz.com.br) foi criada para conectar jovens ao mercado de trabalho e jovens com outros jovens que compartilhem dos mesmos interesses de carreira. Nestas redes, antes de postar se pergunte: Eu compartilharia isso com colegas de trabalho ou contatos profissionais? Essa é a imagem profissional e a marca que quero deixar nessa rede social?

    – Caso queira compartilhar algo muito pessoal, por exemplo, no Facebook, use as ferramentas de privacidade. Categorize seus contatos e a partir daí selecione quem você quer que visualize seus posts e suas fotos. Antes de postar, sempre se pergunte: eu falaria isso pessoalmente nessa roda de amigos?

    – Antes de atrelar o nome da sua empresa ao seu perfil em uma rede social, tenha clareza de que tudo que você postar estará diretamente relacionado à imagem da instituição para qual você trabalha. Além disso, não esqueça que o seu histórico também está lá disponível para acesso e avaliação de todos. Você falou mal da sua empresa anterior? Você reclamou de um cliente que a sua empresa atende? Cuidado! Podem concluir que você repetirá a dose.

    – E como consumidor, não temos o direito de reclamar das empresas nas redes sociais? Atualmente, as empresas têm se preocupado muito com a sua imagem nas redes sociais e respondem rapidamente as reclamações postadas através desses canais. Mas é preciso cautela, pode ser muito ruim para a sua imagem se você usa a rede social como o primeiro canal de contato com a empresa. Antes de sair postando no Twitter ou Facebook a sua reclamação, procure o SAC ou um e-mail de contato. Reúna argumentos coerentes para justificar a sua insatisfação.
    Na Cia de Talentos, por exemplo, temos um e-mail falecompresidente@ciadetalentos.com.br que é o nosso canal direto para elogios e críticas. Garanta que usou esses canais diretos antes de afirmar algo sobre a empresa, seus produtos e serviços! A forma como usa as redes sociais como consumidor, também pode dizer de como você compreende o bom uso desses canais de comunicação e o quão estratégico será como funcionário ao propor estratégias de relacionamento com os clientes da empresa.

    O importante mesmo é sempre analisar que o seu perfil nas redes sociais é mais um canal de expressão de quem você é. Então, procure deixar a sua marca positiva e o seu diferencial também por aí!

    por Renata Magliocca
    Gerente de Inovação da Cia de Talentos e Co-autora do livro “Carreira: você está cuidando da sua?”

  • Compartilhe:
    Tags: