• Programa de Trainee: futuro garantido?

    11 Apr 2014
  • Com certeza você já ouviu algum colega da faculdade ou amigo dizer que quer se inscrever em um Programa de Trainee para entrar com “bola toda” em determinada empresa e assim deslanchar sua carreira em pouco tempo. Ou será que você mesmo já disse isso?
    Será que isso é verdade ou é mais um mito que rola solto por ai? Não é uma coisa, nem a outra. Esta resposta depende de muitas coisas mas, principalmente, de você.

    Algumas verdades

    É verdade sim que um Programa de Trainee é uma porta de entrada diferenciada para ingressar em uma grande organização e também uma excelente alternativa para um jovem crescer rápido na carreira.
    Isto acontece porque estes programas são desenhados especialmente para intensificar e agilizar a formação de jovens. Além de todas as experiências do dia-a-dia vivenciadas pelos trainees durante os programas, as empresas também oferecem aos trainees uma série de recursos que possibilitam acelerar o desenvolvimento de competências comportamentais e técnicas.

    Alguns exemplos destes recursos são cursos, palestras, rotação entre áreas, participação em projetos, exposição a pessoas estratégicas da organização e, muitas vezes, acompanhamento individualizado através de coaching e mentoring.Ou seja, um bom Programa de Trainee pode potencializar realmente seu desenvolvimento profissional, mas não é um “tiro certeiro” que serve para todo mundo. Se a oportunidade não for bem aproveitada pelo trainee, de nada adianta todo este investimento de tempo e dinheiro por parte da empresa.

    O que é ser trainee?

    Muitos jovens que se interessam em participar destes processos seletivos os descrevem apenas a partir das coisas boas e atrativas que geralmente são oferecidas para estes cargos: alta exposição, projetos desafiadores, rápida ascensão, remuneração diferenciada, vivências internacionais etc.

    Estas vantagens realmente existem, mas não podemos esquecer que as exigências também. Tanto durante os processos seletivos quanto no dia a dia de trabalho os trainees possuem a difícil missão de corresponder às altas expectativas dos gestores que acompanham de perto todos seus passos.

    Como as empresas fazem grandes investimentos na contratação e desenvolvimento de trainees, é esperado que eles apresentem resultados em menor tempo. Ser trainee é um grande desafio e, como todo desafio, requer disciplina e dedicação para se tornar realidade. Não basta apenas ser aprovado no processo seletivo, tem que querer muito!

    Esse é o mito, então?

    Sim. Ao longo de um ou dois anos de programa, é natural que tanto a empolgação do trainee como o empurrão inicial dado pela empresa percam importância diante dos resultados concretos que cada trainee tem que apresentar. Este profissional não pode se acomodar e só “cumprir tabela” e, muito menos, transferir para a empresa a responsabilidade pelo seu desenvolvimento profissional. A carreira de um trainee não vai progredir automaticamente só por ter participado do treinamento. É fundamental que ele tenha ciência que precisa batalhar muito para garantir seu lugar na “primeira fila” e isso sim é uma escolha individual.

    Para ser trainee é preciso empenhar-se para viver plenamente este sonho e saber que existem programas para os mais variados perfis profissionais. Ao contrário do que alguns pensam, há oportunidades no Brasil todo e uma prova disso é que em 2013 a metade das vagas de trainee trabalhadas por nós estava fora da cidade de são Paulo.

    Outro mito é só que há áreas de graduação que não são aceitas em programas de trainee. Há muitos programas que não olham para qual graduação o candidato cursou e sim que bagagem de vida ele traz consigo, sabia?

    Mas antes de mergulhar de cabeça em um programa de trainee é recomendado avaliar se esta escolha vai ao encontro do que você busca. Fazer escolhas profissionais é dar-se conta que não existe uma fórmula ou receita única para obter sucesso profissional e isso vale também para trainees. E é assim também em outras caixinhas da nossa vida… não existem os 5 passos mágicos para o relacionamento amoroso feliz ou 10 dicas incríveis que garantem a felicidade independente de quem seja o indivíduo em questão.

    Antes de decidir se inscrever nestes programas, vale a pena conhecer todas as alternativas existentes para desenvolver sua carreira em uma empresa. Questione-se e procure o máximo de informações a respeito. Já pensou, por acaso, se você não seria mais feliz começando a carreira como analista e podendo desenvolver-se no seu tempo “natural” ao invés de ter todos os holofotes direcionados para você?

    Só você pode responder isso, mas saiba que na carreira não existe um caminho único para ter sucesso profissional, até porque a definição do que é ter sucesso pode ser diferente de pessoa para pessoa. Depende muito do que você valoriza e de seus objetivos. O que é legal para você não necessariamente é para os outros e vice-versa.

    O importante mesmo é que sua escolha esteja coerente com quem você é e com o que quer realizar na sua vida. Reflita e planeje aonde quer chegar, mas não deixe de aproveitar o trajeto. A forma como você enxerga o percurso e atua nele, tem grande valia em todo este processo.

    por Equipe Cia de Talentos
    texto publicado no jornal Mundo Universitário

  • Compartilhe:
    Tags: