• Chega mais, estagiário!

    25 Oct 2013
  • Acredito que o sonho de muitos jovens que estão cursando uma faculdade e estão em inicio de carreira, seja o de trabalhar em uma companhia multinacional de grande porte, pois essa é a imagem que muitos de nós temos como um bom início para um futuro promissor; comigo não era diferente. Quando descobri através do site da Cia de Talentos, uma vaga que se enquadrava nesse meu ideal e que correspondia com meu perfil, não pensei duas vezes e me candidatei imediatamente!

    A surpresa veio quando aproximadamente uma semana depois, fui convidado para iniciar as entrevistas, primeiro uma etapa presencial na própria Cia de Talentos, e depois uma etapa presencial na Reckitt Benckiser com meu futuro gestor e com o RH. Desde o inicio tinha certeza de que os perfis eram compatíveis e que se fosse aprovado, seria uma excelente escolha. E foi isso que aconteceu!

    De lá pra cá, o que eu idealizava como um bom começo de carreira se transformou em realidade. Hoje, responsabilidades cada vez maiores, elaboração de relatórios e apresentações gerencias, análises de dados extraídos de diversas ferramentas, participação em reuniões com altos cargos, contatos com fornecedores e parceiros além de muitos outros desafios diários já fazem parte da minha rotina, e a missão agora é outra, ser efetivado!

    O que me deixa mais feliz é ver pessoas que começaram também como estagiários se desenvolvendo e alcançando cargos de destaque. Além disso, trabalhar em uma empresa que tem os seus produtos como parte da rotina do lar, da higiene e da saúde de muitas pessoas no Brasil e no mundo é fantástico! Minha recomendação para quem está tentando esse primeiro passo na carreira é: Acredite!

    Se prepare para as entrevistas, inclusive para as iniciais, como se fosse ser entrevistado pelo presidente de sua futura companhia; se comporte como um profissional ou uma pessoa que seja referência de sucesso para você; tente controlar a ansiedade, pois ela só é boa até certo ponto, depois só é prejudicial; e por fim, se mostre interessado no seu futuro cargo, na sua futura empresa, nas etapas do processo e em outros detalhes. Muitas vezes, ser interessado é mais importante do que ser interessante, isso mostra que apesar de não nascer sabendo tudo, você está totalmente disposto a aprender as competências necessárias para o futuro trabalho.

    por Rafael Apostólico
    Estagiário na Reckitt Benckiser

  • Compartilhe:
    Tags: